No dia de ontem (19) ocorreram diversos atos em todo o país de bolsonaristas pedindo o fim do distanciamento social e um golpe militar para dar poderes ilimitados a Bolsonaro. Na manifestação de Brasília, o demolidor em chefe, Jair Bolsonaro, saiu para cumprimentar os apoiadores e cercado de cartazes pedindo golpe militar, fechamento do congresso e do STF, Bolsonaro discursou dizendo que “acredita nos manifestantes” e pediu o fim do distanciamento social.

O demolidor em chefe além de atentar contra os direitos democráticos de forma aberta, ao apoiar uma manifestação que pede golpe de estado para ele obter poder, ainda por cima coloca a vida de muitas pessoas em risco ao criar aglomeração, repetindo os gestos do dia 15 de março, quando retornou dos EUA e mesmo com 23 integrantes da comitiva contaminados pela doença, ele foi para a multidão.

A política de Bolsonaro nesse domingo se mostra mais clara do que nunca, que ele está trabalhando para sabotar os direitos democráticos e o combate a pandemia, para ele, a vida do povo é descartável e não faz a menor questão de proteger o povo minimamente. Bolsonaro trabalha contra o povo, contra os direitos democráticos, que vinham sendo violados sucessivamente desde a virada do ano (com nossa humilde página iniciado sua jornada na rede mundial denunciando várias dessas violações) e agora também aproveita a pandemia para trabalhar contra a sua vida e a vida de seus familiares.

O bolsonarismo é mais que um grupo de lunáticos que se tornaram governo por causa do golpe de 2016, mas é uma política sistemática de destruição do Brasil que vai mais além da destruição do estado brasileiro, trabalha contra a vida de todos nós, por isso ter esta camarilha no poder neste momento e não trabalhar para a destituição dela é uma política suicida, não apenas do ponto de vista político, mas até mesmo um atentado contra a vida de todos os brasileiros.

O bolsonarismo mostra com esse ato de ontem que não se importa com nada, nem com as liberdades democráticas, que já vinha atentando contra ela desde antes dessa pandemia, mas também contra a vida da população. O bolsonarismo não se importa com nada, desde que seus patrocinadores, os necroempresários brasileiros e internacionais tenham seus ganhos garantidos, enquanto isso o povo morre sem atendimento nos hospitais ou de fome.

Recomendações do Ministério da Saúde (leia mais sobre a doença em https://coronavirus.saude.gov.br/ )

Leia Também:

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.