Após as operações contra a maquina propagandística do bolsonarismo e a operação contra Queiroz e Wassef, mostram a política de domesticação de Bolsonaro.